[Página da IACM]


Boletim da IACM de 03. Outubro 2016

Cannabis and Cannabinoid Research

A revista Cannabis and Cannabinoid Research editada em colaboração com a IACM publicou recentemente “Clinical Endocannabinoid Deficiency Reconsidered: Current Research Supports the Theory in Migraine, Fibromyalgia, Irritable Bowel, and other Treatment-Resistant Syndromes” por Ethan Russo.

Australia: Cannabis medicinal legalmente disponível em New South Wales

Os médicos de New South Wales já podem prescrever legalmente cannabis medicinal aos seus pacientes. Com as alterações à legislação Poisons and Therapeutic Goods, os medicamentos à base de cannabis passam a estar acessíveis a um leque alargado de pessoas para as quais os tratamentos mais convencionais não são eficazes. A mudança na lei vai permitir aos médicos pedirem autorização ao NSW Health Board para prescreverem produtos à base de cannabis que atualmente não constam do Australian Register of Therapeutic Goods.

Entre as potenciais utilizações da cannabis medicinal estão o tratamento de artrite, VIH/SIDA, neuropatia diabética periférica, esclerose múltipla, cancro, doença de Alzheimer, náuseas e vómitos, devido à quimioterapia, ansiedade e depressão. "Esta mudança aumenta as opções disponíveis para os médicos, uma vez que significa que uma ampla gama de medicamentos à base de cannabis podem ser prescritos - enquanto continuamos com a nossa pesquisa baseada em evidências aguardando pelo papel que a cannabis medicinal pode vir a desempenhar", disse o Premier de NSW, Mike Baird.

The Newdaily de 31 de julho sw 2016

Ciência/Humanos: Consumo de cannabis não teve efeitos negativos no resultado de transplantes renais

O uso recreativo da cannabis não teve efeitos negativos sobre a saúde dos recetores de rins, num estudo com 1225 pacientes. Os resultados foram publicados na revista Clinical Transplantation, por cientistas do Departamento de Cirurgia da Universidade Maryland School of Medicine, em Baltimore, EUA. Os cientistas analisaram retrospetivamente os dados dos transplantes renais entre 2008-2013. O consumo de cannabis foi definido pelo teste à urina toxicologia positivo e/ou uso recente auto-referido.

O consumo de cannabis não foi associado a piores resultados. Noventa e dois por cento dos transplantes feitos estavam a funcionar um ano depois. Entre estes, os níveis da função renal foram semelhantes entre utilizadores de cannabis e não utilizadores. Os investigadores concluíram que "por si, o uso de cannabis recreativa não está associado a piores resultados para o paciente ou o transplante renal no espaço de um ano".

Greenan G, Ahmad SB, Anders MG, Leeser A, Bromberg JS, Niederhaus SV. Recreational Marijuana Use is Not Associated with Worse Outcomes After Renal Transplantation. Clin Transplant. 4 ago 2016. [na imprensa]

Notícias

Itália: Parlamento começa debate sobre a legalização da cannabis
Um novo projeto de lei, que é apoiado principalmente por deputados do Partido Democrático (PD), do primeiro-ministro Matteo Renzi, e do Movimento 5-Star, permitiria que as pessoas transportassem cinco gramas consigo ou tivessem até 15 gramas em casa. Uma pessoa que cultivasse cannabis já não arriscaria prisão, e poderia cultivar até cinco plantas. Os apoiantes argumentam que esta lei desviaria os lucros da máfia.
Reuters de 25 de julho de 2016

Ciência/Humanos: Não há ligação entre acesso a dispensários de cannabis medicinal e uso de cannabis por adolescentes
Num estudo com 14.953 adolescentes de 141 escolas, não houve associação entre o acesso a dispensários de cannabis medicinal e o uso de cannabis.
Department of Family Medicine and Public Health, University of California, San Diego, USA.

Ciência/Animais: Recetores CB1 das mitocôndrias envolvidos na proteção das células nervosas após lesões cerebrais traumáticas
Em estudos com ratos, investigadores demonstraram que o número de recetores CB1 nas mitocôndrias, as "centrais de energia” das células, aumenta rapidamente após a lesão cerebral traumática. Isso contribui para a mitigação das consequências para a saúde, incluindo a morte celular programada das células nervosas.
Primeiro afiliado Hospital of Zhejiang Chinese Medicine University, Hangzhou, China.
Xu Z, et al. Mol Brain 2016;9(1):75.

Ciência/Animais: Fumo passivo de cannabis pode prejudicar a função das artérias
Num estudo com ratos, um minuto de exposição ao fumo de cannabis de outrém prejudicou substancialmente a função endothelial durante pelo menos 90 minutos, consideravelmente mais do que os danos causados pelo fumo passivo do tabaco.
Cardiovascular Research Institute, University of California, San Francisco, EUA.
Wang X, et al. J Am Heart Assoc 2016;5(8).

Ciência/Células: Ativação dos recetores CB2 melhora la esferocitose e a estabilidade das placas ateroscleróticas
Num estudo com uma certa forma de glóbulos brancos (macrófagos), a ativação de recetores CB2 melhorou a esferocitose por macrófagos e os autores concluíram que isto "pode fornecer um novo mecanismo sobre como a ativação do CB2 reduz a vulnerabilidade e promove a estabilidade das placas ateroscleróticas.” A esferocitose é o processo pelo qual as células que estão a morrer/mortas são removidas por células como os macrófagos.
Renji Hospital, School of Medicine, Shanghai Jiaotong University, China.
Jiang L, et al. Life Sci. 26 jul 2016. [na imprensa]

Ciência/Animais: Ativação dos recetores CB1 periféricos reduz a dor neuropática
Num estudo com ratos, vários compostos químicos do grupo de indeno, certos hidrocarbonetos policíclicos ativaram o recetor de CB1, mas não penetram no cérebro. Eles revelaram exercer efeitos analgésicos contra a dor neuropática.
University of California, Los Angeles, EUA.
Seltzman HH, et al. J Med Chem. 2 ago 2016. [na imprensa]

Ciência/Humanos: Não houve associação entre a concentração de THC no sangue e incapacidade dos condutores
Num estudo com quase 5.000 motoristas suspeitos de conduzir sob a influência de drogas, não houve correlação entre os testes ao desempenho psicomotor e as concentrações de THC no sangue.
The Orange County Crime Lab, Santa Ana, EUA.
Declues K, et al. J Forensic Sci. 1 ago 2016. [na imprensa]

Ciência/Humanos: Veteranos de guerra usam cannabis para tratar dor grave ou stress pós-traumático
Num estudo com 841 veteranos de guerra, 8% afirmaram ter um cartão de cannabis medicinal. A maioria destes participantes (78%) afirmaram usar a cannabis para o tratamento da dor severa/crónica. Outras razões avançadas para o uso de cannabis foram o stress pós-traumático e distúrbios do sono.
Department of Psychology, Bowling Green State University, EUA
Davis AK, et al. Addict Behav 2016;63:132-136

Ciência/Animais: Hipotermia e CBD atuam em sinergia para impedir os danos cerebrais durante o nascimento
Num estudo com leitões, o efeito protetor combinado da hipotermia (diminuição da temperatura corporal) e do canabidiol (CBD) em danos nas células cerebrais causados pela falta de oxigénio durante o parto foi maior do que da hipotermia ou CBD sozinhos.
Biocruces Health Research Institute Bizkaia, Spain.
Lafuente H, et al. Front Neurosci 2016;10:323.

Ciência/Humanos: Legalização da cannabis no Colorado resultou num aumento do número de crianças com ingestão não intencional de cannabis
Depois da legalização da cannabis para uso recreativo no Colorado, EUA, houve um aumento significativo do número de internamentos de crianças no Hospital Infantil do Colorado, em Aurora, devido à ingestão acidental de produtos de cannabis. A idade média das crianças era de 2,4 anos. Os números aumentaram, de 1,2 por 100 000 habitantes 2 anos antes da legalização para 2,3 por 100 000 habitantes 2 anos após a legalização.
Department of Pediatrics, University of Colorado Anschutz Medical Campus, Denver, EUA.
Wang GS, et al. JAMA Pediatr. 25 jul 2016. [na imprensa]

Ciência/Animais: Ativação do sistema endocanabinóide pode ser benéfica no autismo
Num estudo com ratos, cientistas demonstraram que alterações na sinalização endocanabinóide, no seguimento de inflamações após o nascimento, contribuem para deficiências no comportamento social durante a adolescência, e que o aumento dos níveis de endocannbinóides "poderia ser um novo alvo para distúrbios envolvendo os déficits sociais, tais como distúrbios de ansiedade social ou de autismo".
Mathison Center for Mental Health, University of Calgary, Canadá.
Doenni VM, et al. Brain Behav Immun. 21 jul 2016. [na imprensa]

Ciência/Animais: CBD sem efeitos neuroprotetores após fornecimento de oxigénio reduzido
Na sequência de um estudo com 55 leitões recém-nascidos, que foram privados de oxigénio, os investigadores escreveram que "em contraste com estudos anteriores, não encontramos efeitos protetores significativos do CBD após HI [redução da oferta de oxigénio] em leitões". Os cientistas notaram que talvez a dose de CBD fosse muito baixa no seu estudo.
Women and Children's Division and Institute for Surgical Research, Oslo University Hospital, Rikshospitalet, Noruega.
Garberg HT, et al. Pediatr Res. 21 de 2016. [na imprensa]

Ciência/Humanos: Consumo de cannabis pode causar experiências semelhantes a episódios psicóticos
Num estudo com 2793 gémeos adultos jovens, foi investigada a relação entre o consumo de cannabis e a ocorrência de experiências semelhantes a episódios psicóticos. O investigador concluiu que "a associação entre sintomas de CUD [distúrbios do uso de cannabis] e as PLEs [experiências semelhantes a episódios psicóticos] é explicada por fatores genéticos e de ambiente, e os efeitos diretos de CUD ao risco para as PLEs".
Department of Mental Disorders, Norwegian Institute of Public Health, Oslo, Noruega.
Nesvåg R, et al. Schizophr Bull. 18 jul 2016. [na imprensa]

Relembrando o passado

Um ano atrás

Dois anos atrás

[Voltar à visão geral]  [Página da IACM]


up

Conferências

The Cannabinoid Conference 2017 of the IACM, 29-30 September 2017, Cologne, Alemanha.

IACM on Twitter

Follow us on twitter @IACM_Bulletin where you can send us inquiries and receive updates on research studies and news articles.